14/11/2013

DAMN YOU MILF! AND THANK YOU


Pronto. Eu sabia. Lembram-se daquele post sobre a gaja que era mãe de 3 e que tinha um corpo do camandro? Apesar de ter categorizado a minha mulher de MILF nesse post, o que eu temia veio bater-me à porta. A minha mulher está numa missão. Para estar e ficar em forma. Por outras palavras, "boa comó milho". Squats, TRX, AirFit, Spartans, vale tudo. (são nomes de treinos e exercícios de fitness, caso estejam a perguntar). Até yoga. Ela que gozava comigo cada vez que eu fazia o Om no início da minha sun salutation. Tem sido assim todos os dias. A determinação dela é incrível. E apesar de um ligeiro coxear e de gemer cada vez que se levanta de uma cadeira, tem andado com um mood incrível. Bem disposta, saudável, motivada, confiante, sexy as hell. Agora, eu já sabia que ia sobrar para mim. Dieta. Já não quer comer porcarias. E quantidades confeccionadas por ela são reduzidas. Ando com uma fome do caraças. Ela anda exausta. Adormece muito mais cedo. No sofá. No lugar que era o meu. Saio com o cão durante 1 hora e quando chego já está a dormir. Repito, no meu lugar do sofá. Já mandou vir com a balança. E todos os dias pergunta-me como é que está o rabo dela. Todos os dias digo-lhe que "'tá comó aço". Enfim. Ossos do ofício. A contrapartida? Além do excelente mood do qual já falei, pede-me regularmente para lhe apalpar o rabo para sentir o quanto está firme e rijo. "Sente, vá, sente" diz ela toda orgulhosa. "Com certeza querida, no problem".

Sem comentários:

Enviar um comentário